logo

Mariza Ferreira Bastidas

Psicóloga CRP 06/149729

A atuação por meio dos estágios na área social, escolar, organizacional, saúde e clínica me permitiu ver que a psicologia nos oferece um universo de possibilidades para atuação. A partir disso, a paixão pela área da saúde foi crescendo e descobri que muito dos sintomas físicos são resultados de como funciona o psicológico do indivíduo e por isso, a psicologia me interessou muito. Percebo que comecei a trilhar o mais doce dos caminhos, a saúde mental, e é nesse campo que desejo me dedicar cada vez mais.
contato@marizaferreira.com.br
(11) 97232-1837
 

A Autolesão ou Automutilação

A Autolesão ou Automutilação

A autolesão ou automutilação pode estar ligada a diversos fatores como: transtornos limítrofes de personalidade, ansiedade, bullying, abuso sexual, abuso físico, negligência emocional, abuso de substâncias, depressão e transtornos alimentares. O ato tem o intuito de tentar evitar, reduzir ou regular emoções, nas quais o sujeito não consegue lidar com as emoções opressoras. Tudo isso quer dizer que o sujeito sob opressão das emoções, comete a automutilação como forma de alívio de tensão acarretados por emoções muito fortes.

 

Pessoas que praticam a automutilação comumente o fazem por ter dificuldade em expressar, identificar ou compreender suas emoções; ou ainda quando o indivíduo tem baixa autoestima, dificuldade em compreender a orientação sexual, emoções negativas, baixa iniciativa, dificuldade de enfrentar problemas ou sentimento de culpa.

 

A automutilação envolve certa variedade de comportamentos intencionais para causar danos ao próprio corpo e pode ocorrer de dois modos, direto ou indiretamente. No primeiro caso, acontece sob a forma de auto corte, já na segundo caso, pode ocorrer soba forma de recusa de medicação ou alimento. Existem casos ainda em que comportamentos como produzir uma queimadura, ingerir objetos ou substâncias estranhas, são considerados como automutilação, já que são realizados com o intuito de prejudicar corpo.

 

O que fazer quando você se sente em tal situação?

 

É sempre importante buscar uma ajuda profissional para que possa ser identificada a causa da automutilação. É necessário investigar o que está motivando tal comportamento, para que assim seja feita uma intervenção mais efetiva e, neste caso, tanto a intervenção de um psiquiatra quanto de um psicólogo são extremamente importantes dependendo da condição psíquica da pessoa.

Mariza Ferreira
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Abrir Chat
Posso ajudar?