logo

Mariza Ferreira Bastidas

Psicóloga CRP 06/149729

A atuação por meio dos estágios na área social, escolar, organizacional, saúde e clínica me permitiu ver que a psicologia nos oferece um universo de possibilidades para atuação. A partir disso, a paixão pela área da saúde foi crescendo e descobri que muito dos sintomas físicos são resultados de como funciona o psicológico do indivíduo e por isso, a psicologia me interessou muito. Percebo que comecei a trilhar o mais doce dos caminhos, a saúde mental, e é nesse campo que desejo me dedicar cada vez mais.
contato@marizaferreira.com.br
(11) 97232-1837

TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL

Email: contato@marizapsicologa.com.br

Siga-nos:

WhatsApp: +55 (11) 97232-1837

 

As síndromes depressivas

As síndromes depressivas

As síndromes depressivas, doença popularmente conhecida como depressão, tem como principais sintomas a tristeza e o desânimo, porém, estes não são os únicos e mais adiante identificaremos os demais. É uma doença considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como a primeira causa de incapacidade dentre as problemáticas de saúde.

 

Em relação ao sintomas, identificam-se o desânimo e a tristeza como sendo os principais, mas além destes, existem inúmeros outros, como por exemplo: tédio, choro fácil, apatia, desespero, angústia, ansiedade, ilusões visuais ou auditivas, fadiga, perda de prazer ou interesse por atividades agradáveis, insônia ou sono em excesso, perda ou aumento do apetite, diminuição da libido, déficit de atenção e concentração, dentre outros.

 

As síndromes depressivas podem acontecer após uma perda relevante, como por exemplo um emprego, um ente querido ou algo muito significativo para a pessoa. Vale lembrar que existem fatores relevantes  que podem contribuir no desenvolvimento da depressão, como é o caso da genética, dos fatores biológicos e neuroquímicos. Tanto que para o DSM-IV (Manual de classificação de doenças mentais) existem critérios para se diagnosticar os transtornos depressivos. A identificação acontece quando o episódio depressivo (conhecido pela CID-10) estiver ocorrendo por mais de duas semanas, com o reconhecimento de cinco sintomas, dentre estes a perda de prazer ou interesse e o humor deprimido.

 

Em relação ao tratamento, é necessário procurar ajuda profissional, pois normalmente, emprega-se o uso de medicamentos e psicoterapia, dependendo do grau da síndrome, até porque em casos mais graves, o indivíduo pode ter pensamentos suicidas. Neste caso, é muito importante familiares e amigos estarem alertas quando um ente querido apresentar um comportamento depressivo. Depressão é uma doença e como tal, pode levar o sujeito a óbito.

Mariza Ferreira
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Abrir Chat
Posso ajudar?